5 de abr de 2012

The Last Grimm - The Key Grimm: Prólogo

| |

Prólogo 
“Você é um dos últimos Grimms” Tia Marie 

Cinco anos se passaram, e eu havia largado tudo. Estava vivendo no velho trailer da Tia Marie, sem endereço, sem telefone... Sem comunicação com o mundo. Desde que eu havia decidido “virar um Grimm de verdade”, minha vida havia mudado. Havia saído da policia, havia deixado Juliette...

De vez em quando, achava alguns Wesen por ai... Ainda mantinha um pouco o contato com Monroe, mas decidia não falar muito, já que eu usava celulares descartáveis, era mais fácil eu o achar. Porém, nos víamos de vez enquanto.

A decisão de viver como um peregrino surgiu depois de ter afastado todas as pessoas de mim. Depois de ter descoberto verdades e mentiras sobre os Grimms, e ainda, não poder contar a Juliette. Isso tornou minha vida um inferno, uma mentira. Matava “pessoas”, não podia explicar o que estava acontecendo comigo, porque eu estava virando... Um assassino.

Depois de tudo isso – e mais um pouco – decidi que era impossível viver daquele jeito. Viver fugindo e muitas vezes, fazendo promessas impossíveis, como manter a cidade inteira protegida 24 horas por dia. Apenas desisti, e fui viver como Tia Marie vivia. E como ela sabia que seria.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

x Leia o post antes de comentar!
x Sem xingamentos.
x Comentários sem conteúdo serão ignorados.
x Se quiser que eu visite seu blog deixe o link do seu blog no final do comentário.