15 de mai de 2013

Tears In Flames.

| |
No dia em que ele se foi era como se a alma dela houvesse ido junto. Os olhos dele expressavam um dor imensa, afinal, ele era apenas um garoto que viu o mundo cair de repente. Ele viu todos morerrem antes de partir. Ela chorava e dizia: "Porque você não pode ficar? Nós podemos fugir daqui, ir para um lugar distante, nunca irão nos encomodar. Tem tantas coisas que nunca lhe contei e nunca terei chance de fazer." Ele a olhou com lagrimas nos olhos e virou as costas. Talvez partindo para sempre ou não. Ninguém sabe quem sairá vivo da guerra.

Ela olhava as fotos na cômoda antiga, cada lembraça um pedaço de seu coração se quebrava. Suas lágrimas tão inuteis como as cartas que mandava: "Quando voltará para casa? Não irá responder minhas cartas? No caso de você decidir escrever, não fale que sente minha falta ou que me ama, não quero criar falsas esperanças de que você voltará um dia". E assim os dias se passavam e a guerra continuava. Ambos estavam muito próximos porém muito longe. As vidas eram como uma chama, se apagavam na mais fraca brisa e quando partem, levam todos com eles.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

x Leia o post antes de comentar!
x Sem xingamentos.
x Comentários sem conteúdo serão ignorados.
x Se quiser que eu visite seu blog deixe o link do seu blog no final do comentário.