7 de jan de 2014

Eu e o meu vício em séries.

| |
Oi de novo!

Eu amo séries, algo que já devem ter percebido. Desde criança assisti muitas séries, uma que se destaca  é Lost. Era um misto de medo, ódio, amor e curiosidade por aquela série. Fiquei puta com o final, todos aqueles anos lutando para acompanhar a legenda para cagarem no último episódio. Na verdade, ainda espero o último episódio.

Não posso afirmar que foi minha primeira série, mas sei que me lembro muito dela. Outra série que acompanhei foi House. Eu chorei com os pacientes, chorei pelo o Wilson na última temporada, chorei ao contar quantos meses de vida ele tinha, fiquei puta quando o House simplesmente entrou com o carro na casa da Cuddy e fiquei puta de novo quando revi o episódio que ele ficaram juntos porque senti ciúmes de um personagem. Eu sei, sou estranha. Depois veio outras séries, como A Gifted Man. Essa é outra que até hoje espero o final. Ah, como esquecer Grimm e meu medo só no primeiro episódio e o ódio mortal do Otto quando ele começou a assistir (ciúmes novamente)? Ah, o nojo da Juliette e a segunda temporada. Law & Order é outra que viciei e queria matar os caras que fazem a grade de programação para me darem um motivo de sempre acordar as cinco da manhã para ver. E a vontade de matar Christopher Meloni quando ele deixou SVU. Claro que engoli o choro quando soube que Munch e Cragen iriam se aposentar. Fora outras séries que não vou citar, como Flash Point e a torcida para a morena e o loirinho ficassem juntos. Não, eu não me lembro dos nomes.

Bom, eu amo séries, tanto que olhei a primeira temporada de Supernatural em apenas dois dias. Esse é um dos problemas em eu amar séries: é viciar e uma e não parar de falar nela. Apenas na madrugada de domingo li umas cinco fanfics desse série e vi um monte de episódios. Fazia um tempo que eu estava meio desiludida com séries - e leitura, mas deixa para outro post quando eu achar um livro que preste para falar - e nem estava acompanhando mais. Eu confesso que estava mais interessada em rockabilly do que outra coisa. Aí surge essa série e me faz encher minha mãe de tanto falar - ela já está acostumada, eu acho - e perder o sono vendo.

O outro problema é não ter ninguém que fale comigo sobre séries. E claro que ainda tem outros problema como, escrever fanfics e incluir uma personagem que poderia tornar tudo mais foda e claro, viajar nesse mundo "mágico" das séries. Uma outra série que eu estava vendo era Doctor Who, mas desanimei em saber que as cópias da primeira temporada do primeiro doutor eram com uma imagem horrível. Essa série fica para depois de Supernatural.

Sim falei bastante desse assunto. E deve ter ficado enjoativo esse post. Enfim, deu para entender um pouco do meu vício, certo? É isso, até mais! ☺