7 de jun de 2013

Quem foi Mona Lisa? Parte 3 - 3

| |
Depois de meses finalmente volto com a parte 3-3 sobre o quadro "Mona Lisa". Só para encerar vamos ver
influências e aspectos culturais:

A Mona Lisa, enquanto quadro mais famoso do mundo, adquiriu um estatuto de ícone cultural. São numerosas as suas reproduções e utilização na publicidade, objectos do dia a dia e como referência cultural. Algumas incluem:
  • Em 1919, o dadaísta Marcel Duchamp pintou sobre uma reprodução barata da Mona Lisa um bigode e uma pêra, e a inscrição L.H.O.O.Q.(que significa Elle a chaud au cul, algo como Ela tem fogo no rabo, em português).
  • Em 1950, Mona Lisa, uma balada de Nat King Cole em tributo do quadro, foi o single mais vendido durante 8 semanas, atingindo 3 milhões de cópias vendidas e foi premiada com um Oscar para a Melhor Canção numa Banda Sonora. Outras canções sobre o quadro são Mona Lisas and Mad Hatters de Elton John (Honky Chateau, 1972), Mona Lisa de Willie Nelson (Somewhere over the Rainbow, 1981), Mona Lisa de Slick Rick (The Great Adventures of Slick Rick, 1988), A Mona Lisa dos Counting Crows (inédita, 1992), "Monalisa" de Jorge Vercilo, 2004 e Mona Lisa de Britney Spears (EP Chaotic, 2006).
  • Em 1953, o realizador Roberto Rossellini dirigiu o filme La Gioconda.
  • Salvador Dalí, o famoso pintor surrealista espanhol, pintou o Auto-retrato como Mona Lisa em 1954.
  • Em 1963, Andy Warhol lançou uma série de serigrafias a cores da Mona Lisa, afirmando o seu estatuto de ícone, ao lado de Marilyn Monroe eElvis Presley.
  • O Sorriso de Mona Lisa (2003) é um filme que explora os ideais feministas.
  • A pintura detém um papel central no livro best seller O Código da Vinci de Dan Brown (2003).
  • É muito popular no Brasil uma representação da Mônica (principal personagem da turma da Mônica) igual à Monalisa.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

x Leia o post antes de comentar!
x Sem xingamentos.
x Comentários sem conteúdo serão ignorados.
x Se quiser que eu visite seu blog deixe o link do seu blog no final do comentário.