3 de set de 2012

As Armas de Resident Evil - Parte 2/4

| |

As armas reais de Resident Evil 2

  Em Resident Evil 2, Jun Takeuchi assume como o responsável pelo design de diversos elementos visto na tela. Entre suas atribuições, estava a criação e desenho das armas que seriam utilizadas pelos protagonistas Leon e Claire durante sua passagem pelo inferno que se tornou Raccoon City após a infecção pelo T-Vírus.
Assim como no primeiro game da série, os equipamentos usados pela dupla são baseados em modelos verdadeiros, usados por forças policiais e times de elite de todo o mundo.



Handgun Heckler & Koch VP 70


A arma padrão utilizada por Leon possui um pente com capacidade máxima de 18 balas. Ligeiramente mais rápida que a versão usada por Claire, a pistola também permite que anexos sejam instalados nela. Com a utilização de um stock, se transforma em uma metralhadora portátil, capaz de disparar até três projéteis em rápida sucessão.

A VP 70 foi lançada em 1970 e, no mundo real, existe em duas versões. A primeira, VP-70M, é a mesma vista no game e também possui o stock removível. Há também a VP-70Z, uma variante civil menos potente e sem a possibilidade de utilização de anexos.

Handgun Browning HP



Arma padrão da força policial de Raccoon City, é encontrada por Claire no porta-luvas de uma viatura durante uma fuga pela cidade. A pistola tem capacidade para 13 balas de 9mm e não pode ser modificada. O equipamento também é utilizado por Ada.

O criador da Browning HP, John Moses Browning, morreu antes de completar o design da pistola. A arma foi completada por um dos principais desenvolvedores da Fabrique Nationale e foi largamente adotada devido a suas dimensões reduzidas, sem abrir mão da capacidade. O pente desta pistola dispõe os projéteis em diagonais, em vez de um sobre o outro, diminuindo o espaço necessário.
Colt Single Action Army


Também exclusiva de Claire e encontrada apenas quando o jogador destranca o armário de roupas extras, esta arma compensa sua força e velocidade com uma baixa capacidade e longo tempo para recarregamento. O equipamento exige estratégia por parte do jogador, que deve manter distância de grandes grupos de inimigos.

O clássico revólver do Velho Oeste, no mundo real, utiliza balas calibres 45, e não as 9mm vistas no game. Com o sugestivo nome de “Colt Pacificadora”, foi a arma padrão do exército e da polícia americana no final do século XIX. Hoje, é estimada apenas por colecionadores e produzida em edições limitadas.
Shotgun Remington M1100-P




Encontrada por Leon logo no início de Resident Evil 2, esta escopeta é a melhor opção contra Lickers ou grupos de zumbis. Apesar de mais potente que a pistola comum, não é muito eficaz contra os inimigos maiores, como o T-103 ou William Birkin. Pode ser transformada completamente por meio da utilização de peças extras.

O modelo visto no segundo game da série, na verdade, é uma versão modificada da Remington Model 1100, uma espingarda muito popular entre caçadores e esportistas. No jogo, ela aparece com o cano cortado e sem o stock, mas possui a mesma capacidade de balas que na vida real. É reconhecida por seu recuo leve e pouco peso, além da facilidade de manutenção.
Custom Shotgun Remington M1100




Modificada com peças encontradas por Leon na delegacia de Raccoon City, a pequena espingarda se transforma em um modelo muito mais imponente e poderoso. Com capacidade para sete cápsulas, é a opção ideal contra qualquer tipo de monstro e uma das armas mais fortes do game.

Este, na verdade, é o modelo 870 da Remington e uma das espingardas mais famosas do mundo. Mantendo a facilidade de manutenção e alta durabilidade costumeiras da marca americana, esta arma pode ser vista em inúmeros filmes ou seriados. Sua versatilidade a transformou em uma opção ideal tanto para civis quanto para policiais ou forças armadas. Na realidade, tem capacidade para cinco balas.
Bow Gun


Apesar da munição escassa, a Bow Gun é uma substituta de respeito para a Shotgun usada por Leon. A arma exclusiva de Claire dispara três flechas de uma só vez e, a curtas distâncias, é capaz de derrubar um zumbi com um único disparo.

Evolução natural do tradicional arco e flecha, que transforma a antiga arma em um equipamento automático. A arma de Resident Evil 2, porém, não é inspirada em nenhum modelo específico. Em sua maioria, as bestas são utilizadas para caça ou esporte. A China é o único país a ainda utilizar o equipamento como parte do arsenal das forças armadas.
Magnum Revolver Desert Eagle 50A.E.


Com Leon, não existe arma mais potente. Na hora de enfrentar o T-103 ou uma das formas de William Birkin, a clássica Magnum é sua melhor opção. O pente com capacidade para seis projéteis abriga poderosas balas calibre 50, capazes de derrubar zumbis e Lickers com um único tiro. A arma também pode ser modificada, assim como a Shotgun. No cenário de Claire, a arma aparece na mão do delegado Brian Irons e não pode ser usada.

Produzida pela IMI, uma fabricante de armas israelense, a Desert Eagle está disponível em diversos modelos. Apesar da aparência variar muito pouco – com alterações apenas nas cores ou materiais – é nos calibres que está toda a diferença. Com versões compatíveis com cartuchos de calibre 50, 44, 357 e 22, a pistola tem um recuo poderoso e faz muito barulho. A versão vista em Resident Evil 2 é a Mark XIX, que não pode ser modificada com peças anexas.
Custom Magnum D.E. 50A.E.




Também utilizando balas calibre 50, a versão modificada da Magnum comum é incrivelmente poderosa. Apesar de manter a capacidade máxima em seis projéteis, as melhorias a tornam a arma normal mais poderosa do título. Toda essa força, porém, é sentida em um recuo extremamente violento, que aumenta o tempo entre um disparo e outro.

Apesar de manter a Desert Eagle Mark XIX como base, esta versão modificada da Magnum não existe de verdade. É estranho notar, porém, que as novas peças também modificam completamente a cor da pistola.
Grenade Launcher M79


A principal arma de secundária de Claire é capaz de funcionar com três tipos diferentes de munição: explosiva, incendiária e ácida. Cada uma delas possui diferentes atributos de alcance e poder de fogo, e podem ser usadas contra todos os tipos de inimigos do game. Deve ser recarregada a cada disparo.

Utilizada pela primeira vez na Guerra do Vietnã pelo exército americano, o lança-granadas M79 é utilizada principalmente por tropas de choque – inclusive brasileiras – para controle de multidões. A arma é útil para lançar bombas de efeito moral a grandes distâncias ou lançar granadas em janelas ou prédios mais altos, um uso muito comum durante a Operação Liberdade do Iraque, que tinha como objetivo depor Saddam Hussein.
Spark Shot




Arma exclusiva de Claire, ocupa dois slots no inventário e descarrega cargas de alta voltagem nos inimigos. Apesar do tamanho, é muito pouco útil por seu baixo poder de fogo e rápido consumo de munição. Não é possível achar baterias extras do longo do game, o que a torna inútil após o fim de sua carga inicial.

A Spark Shot é um conceito original de Resident Evil 2, mas é possível imaginá-la como um taser tamanho família. Em vez de pequenos pinos metálicos nas extremidades, a arma conta com grandes peças para ampliar a área de contato com os inimigos. Assim como no mundo real, porém, serve mais para manter inimigos longe do que matá-los efetivamente.
Submachine Gun MAC11


Metralhadora que pode ou não ser coletada pelo jogador, também ocupa dois slots mas é capaz de lidar com a maioria dos inimigos comuns do game, como zumbis, Lickers ou Cerberus. Sua utilização contra inimigos mais fortes, porém, não é recomendada já que, apesar dos disparos rápidos, ela não é muito potente.

A submetralhadora Ingram MAC-11 aparece em Resident Evil 2 com uma extensão no cano, de forma a tornar seus disparos mais precisos. O tamanho também é um pouco maior que o da sua contraparte real, que pode ser perfeitamente disparada com uma mão só. O uso de acessórios, porém, a tornam muito mais precisa devido à maior área de contato da arma com o corpo do atirador.
Gatling Gun




Os dois slots de inventário ocupados por esta arma são perfeitamente compensados por seu alto poder de fogo. Apesar da taxa de disparos ser baixa e o equipamento exigir um curto tempo de preparo – até que o tambor comece a girar – é páreo para qualquer um dos inimigos do game desde que o jogador esteja a uma distância segura para utilizá-la. Evite a escolha quando estiver muito próximo de um inimigo ou contra criaturas rápidas demais.

Conhecida como “Vaporizadora”, a pesada M134 normalmente é usada com uma caixa de munição anexa (como em Resident Evil 5, por exemplo). Suas características fazem com que as balas acabem rapidamente e, sem um acessório desse tipo, a autonomia é baixíssima. Em Resident Evil 2 ela aparece com apenas três canos, enquanto a versão real conta com seis. Outras mudanças no design também foram realizadas.
Flamethrower


Exclusiva de Leon, é bastante eficaz contra as Ivys, inimigos baseados em plantas que queimam muito rapidamente. A arma, porém, ocupa dois espaços no inventário e consome bastante combustível durante sua utilização, sem que seja possível encontrar itens para recarregá-la. Ainda assim, a escolha vale caso o jogador queira economizar balas de outras armas.

O lança-chamas de Resident Evil 2 não foi inspirado em um modelo real. Normalmente, armas deste tipo requerem uma mochila com combustível, tornando sua utilização bastante desajeitada. A ausência deste acessório – a alimentação da arma é feita por um tanque ligado diretamente a ela – explica o alto consumo e o baixo alcance das chamas.
Rocket Launcher


A arma definitiva de todos os games da série, aparece apenas no final do cenário B ou como um equipamento destravável. Capaz de acabar com qualquer inimigo com um único disparo, tem como pontos negativos o peso e a dificuldade de operação, que a tornam uma opção bem lenta.

A bazuca de Resident Evil 2 é a FIM-92 Stinger, um equipamento desenhado para derrubar aeronaves do céu. Por meio de um sistema de mira infravermelho, a arma é capaz de travar o seu alvo e disparar torpedos que o alcançam rapidamente. É utilizada até hoje pelo exército americano e deve ser velha conhecida dos fãs de Call of Duty ou Metal Gear Solid.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

x Leia o post antes de comentar!
x Sem xingamentos.
x Comentários sem conteúdo serão ignorados.
x Se quiser que eu visite seu blog deixe o link do seu blog no final do comentário.