14 de jan de 2013

Artigo RE: Alex Wesker?!

| |
Dois Wesker's: CHRIS PIRA!

Estava sentindo falta de fazer artigos. Desta vez vou falar sobre um cara, que todo "zombie evil" que se preze ja deve ter ouvido falar pelo menos uma vez na vida sobre o projete "Wesker's Children" ou "Projeto W". "Estudo" sobre Resident Evil desde os meus nove anos de idade e nunca havia ouvido falar. Estava conversando com o Fábio Conde da Resident Evil Maníacos e ele me deu a ideia de escrever sobre Alex. Ficamos um tempo conversando sobre as hipoteses. Vou mostrar umas aqui. Mas antes vamos entender mais sobre o "Projeto W.":

Criança Wesker
Albert Wesker era filho de pais considerados de intelecto superior, e por isso, foi escolhido como uma das treze cobaias do Projeto W, liderado por Ozwell E. Spencer.
Desde a infância, Albert recebeu uma educação especial, financiada por Spencer. O processo educativo, além de despertar o intelecto das crianças candidatas ao Projeto W deveria doutriná-las, de forma que aceitassem os valores estimados por Spencer. Albert nunca soube que estava sendo manipulado e que seu sobrenome não era o mesmo de sua família, e sim dado a ele após se tornar uma das “Crianças Wesker”.

Entre 1931 – 1960 que o Projeto W – começou a ser ambicionado por Spencer nesse período, provavelmente entre o fim da década de 1950 e o início da década de 1960, porém não é possível precisar uma data para o início do projeto. 

Entre 1968 – 1978 as pesquisas com o Progenitor continuavam acontecendo e, como forma de mascará-las e de conseguir mais recursos para dar prosseguimento a elas e também no seu projeto pessoal – o projeto W, Ozwell Spencer fundou a Umbrella Corporation em 1968 ao lado de James Marcus e Edward Ashford. A empresa farmacêutica foi estabelecida com sede em Raccoon City, local onde estava localizado o complexo de Arklay. Apesar de ter Marcus e Ashford como sócios fundadores da empresa e como importantes pesquisadores, o plano maior de Spencer sempre foi o Projeto W, que uma vez bem executado iria induzir a raça humana a uma seleção artificial através do vírus Progenitor, e Spencer seria o grande comandante dessa raça de super seres humanos. Dessa forma, Marcus e Ashford eram apenas mais duas das peças do seu jogo doentio, e, apesar de brilhantes os dois sócios de início não desconfiavam das reais intenções de Spencer e muito menos que isso poderia prejudicá-los no futuro de alguma forma.
As atenções eram mais especias ainda em cima de Wesker, que era uma de suas crianças especiais provenientes do Projeto W. Albert Wesker e mais 12 crianças foram escolhidas por Spencer por terem um DNA superior aos demais seres humanos, e nessas crianças foi administrado o vírus Wesker, capaz de conferir a esses seres força e inteligência muito acima da média do restante da humanidade, Albert foi ao lado de Alex os únicos sobreviventes desse projeto, mas ele não sabia disso, e achava que estava trilhando seu próprio caminho, quando na verdade, cada um de seus passos haviam sido traçados por Spencer anos antes.

Em 2006 enquanto Chris e Jill atravessam as armadilhas da mansão, Wesker chega ao escritório de Spencer que não se mostra surpreso com a presença de Wesker no local. Em uma conversa franca, Spencer revela a Wesker que o desenvolvimento de BOW era apenas uma fachada para mascarar o verdadeiro projeto da vida de Spencer, o Projeto W. Spencer conta a Wesker que ele era uma das crianças selecionadas para o projeto, que visava desenvolver o potencial dessas crianças ao máximo, para que houvesse condições para criar uma forma de tornar Spencer imortal, e ao lado de seus Weskers e de toda uma raça de super seres-humanos, ele seria um novo Deus para a humanidade. Após ouvir os planos de Spencer, Wesker desfere um golpe em Spencer, e enquanto o velho agoniza, ele diz que o direito de ser um Deus, agora pertence a ele graças ao projeto Uroboros.

FONTE: REVIL WIKI

Agora que entendemos um pouco mais sobre o "Projeto W." vamos as minhas supsições. Tivemos um pouco mais de ceteza no file "RELATÓRIO PROJETO W - 28 de agosto de 1998.":

Foi confirmado que o acidente no Complexo de Pesquisas de Arklay, em Raccoon City, foi conseqüência do envolvimento da cobaia nº. 13 do Projeto W (daqui em diante chamado de Albert). A morte dele no acidente impossibilitou a obtenção de quaisquer informações futuras (A morte de Albert foi confirmada pelo Departamento de Informação).
A morte de Albert diminui a taxa de sucesso do Projeto W para 18 por cento.
A parcela de indivíduos qualificados para o projeto tem sido drasticamente reduzida e deve ser revista imediatamente. Isso traz circunstâncias graves a qualquer progresso que é esperado no projeto.
Uma vez que não há listagem de indivíduos qualificados para repor a recente perda, é aconselhável começar a selecionar pessoas do grupo de candidatos que fracassaram.
Após isso, ajustes poderão ser feitos para restaurar até 93% da cota anterior à morte de Albert.
Departamento de Informação da Umbrella
Alex W.

Depois, em Resident Evil - GOLD EDITION no file "MEMÓRIAS DE SPENCER 1"  mais uma citação de Alex:

Eu, Ozwell E. Spencer, fundador da Umbrella, bem como seu diretor executivo, proclamo-me governante de toda a humanidade. Todos devem se curvar diante de mim como o fizeram uma vez para os antigos deuses falsos.
Pelo menos, era isso que o meu destino deveria ter sido.
Mas não me tornei um deus; eu não pude me soltar das amarras da minha própria fraca humanidade.
Em vez disso, meu corpo está sendo destruído por essa doença maldita, a doença da idade. Ela marcou meu rosto com rugas como um desfiladeiro desgastado, e meus braços são como os ramos secos de uma árvore morta. A idade privou-me o uso das minhas pernas.
A única chance que eu tenho de me tornar um deus e remoldar o destino da humanidade é impedindo que esta doença continue devastando meu corpo.
Eu acho que existe um provérbio sobre descobrir as alegrias da vida quando se está à beira da morte.
Provérbios como este são para os fracos irão morrer. Eles tentam mascarar seus medos com ditados patéticos. Mortais não podem compreender o que a vida significa para aqueles para quem a morte não é uma preocupação. Os ignorantes gostam de fazer generalizações para incluir aqueles que não fariam parte de suas reflexões pedantes.
Vou desfazer esta farsa injusta feita pelo tempo, e vou apresentar-me como o ser perfeito que reinará sobre toda a humanidade.
Vou dar-lhes um novo conjunto de mandamentos para reger suas vidas.
Tudo o que falta é encontrar a chave para a vida eterna!
O vírus fabricado pela Umbrella é a chave. Ele suprime o encurtamento dos telômeros, o que impede a função que limita a divisão celular. Em algum lugar desse processo está a chave para a imortalidade. Se o processo puder ser aperfeiçoado, a chave seria minha.
Eu tenho os meios disponíveis. Posso realizar as minhas ambições, graças a Alex.
Perdi muito em capital humano com a falência da Umbrella, mas ainda tenho Alex, o melhor e o mais brilhante de todos eles, e o último das minhas crianças.
Tenho fé que se alguém pode encontrar uma cura para a doença do tempo, que me impede de assumir as minhas funções como líder da humanidade, esse alguém é Alex.
Alex vai encontrar um jeito.

Depois em "MEMÓRIAS DO SPENCER - 2":

Fiz tudo o que Alex me pediu.
A engenhosidade de Alex ultrapassa de longe a de pessoas normais. Esperaramos o momento oportuno, reunimos os materiais necessários, e Alex continua a manter a operação em funcionamento.
A maioria das crianças é reprimida pelos limites do seu próprio intelecto, mas não é assim com Alex. Eu nunca presenciei alguém tão hábil em absorver os talentos dos outros simplesmente ao observá-los.
Eu não poderia estar mais satisfeito. Alex mostra qualidades superiores aos demais.
Eu providenciei tudo que Alex e os outros pesquisadores precisariam para realizar sua pesquisa: financiamento ilimitado, equipamentos de última geração, materiais de pesquisa e uma fonte infinita de cobaias. A única coisa em falta é o tempo.
Eles vão realizar a pesquisa em uma ilha isolada nos mares do Sul, lar de uma instalação militar abandonada de um país próximo. Alex já foi para lá com um grupo de assistentes de pesquisa, materiais de pesquisa e centenas de cobaias.
Eu esperei com empenho por boas novas da pesquisa. Em vez disso, recebi apenas um telefonema um mês depois, me pedindo para enviar mais cobaias. Como foi possível que eles tenham acabado com centenas de cobaias em apenas um mês?
Como a minha frustração aumentou, Alex tentou tranquilizar-me.
“Você ficará satisfeito ao ouvir que todas as experiências estão correndo bem.”
E assim, eu continuo a esperar…

Em "MEMÓRIAS DO SPENCER - 3":

Eu esperei, e esperei, e ainda nenhuma palavra da ilha. Faz um ano desde que eles partiram, e já enviei milhares e milhares de cobaias para suas pesquisas.
Assim que Alex faz uma melhoria para o vírus, a equipe o administra em outro lote de cobaias. Infelizmente, eles não têm tempo para estudar o vírus antes de testá-lo. Se o parece viável, eles prosseguem para ver como as cobaias reagem.
Tudo isso é de se esperar, suponho eu. Não é culpa de Alex.
Eu fui impaciente, é verdade, mas a situação é calamitosa.
A idade não tem apenas desgastado essa carcaça inútil, mas também atacou meus órgãos internos e deixou muitos deles praticamente inúteis. A pouca funcionalidade que eles têm é graças às máquinas ligadas ao meu corpo. O tempo é um inimigo implacável.
Eu estou contando com você, Alex! Só você pode me dar a chave da vida eterna!

E por último "MEMÓRIAS DO SPENCER - 4":


Finalmente! Um relatório de sucesso!
O experimento foi um sucesso!
Só a notícia desencadeou uma nova onda de energia fluindo através das minhas veias.
Sinto-me rejuvenescido. O jantar de ontem à noite até mesmo pareceu mais doce. O vinho, mais excelente. Meu mordomo, Patrick, é verdadeiramente um gênio da culinária.
Infelizmente, a alegria durou pouco.
Alex desapareceu! Eu ficaria menos preocupado se fosse esse o único relatório lamentável da ilha.
Os outros pesquisadores também não estão sendo encontrados!
Assim como as milhares de cobaias!
E o mais importante, todos os materiais da pesquisa, incluindo o vírus final que me tornaria um deus, não podem ser localizados!
Fui traído!
Eu me deixei ser traído de novo!
Eu deveria ter aprendido com meus erros com Albert!Agora minha vida está por um fio.
A única pessoa em quem posso confiar é o meu fiel mordomo, Patrick.
Ele é a minha última esperança de localizar o vírus que irá me curar desta doença horrível.
Mas o tempo está do meu lado?
Essa é a pergunta que preocupa a minha mente.
E somente o deus que irei me tornar poderá responder a essa pergunta.

Depois temos uma lista de cobaias em "MEMORIAS DE PATRICK - 3"
Cobaias:
001: Hans
002: Felicia
003: Marco
004: Jonah
005: Irma
006: Ken
007: Laura
008: William009: Hiro
010: Derek011: Miles
012: Alex
013: Albert
O número de candidatos foi reduzido aos 13 citados acima.

Muitos pensavam que Derek Simmons de Resident Evil 6 seria o Alex W. Na lista de cobaias acima temos o nome Derek, poderia ser ele? Não cheguei a uma conclusão. Depois tem William que poderia ser o Birkin de Resident Evil 2 não tenho ceteza e Alex e Albert. Alex poderia ter uma vida normal, numa cidade normal como faixada e poderia estar liderando os planos da NEO-Umbrella de Resident Evil 6 no lugar de Derek - ou os dois estavam aliados, vai saber. Também acho que Jake Muller, o "Wesker Jr." poderia ser filho de Alex, pois Alex é relativamente mais velho que Albert. Alguns dizem que "Alex" poderia ser Alexia Ashford (tipo: oi?) ou Alex poderia ser mulher (tipo: hã? me desculpem, mas uma mulher não daria conta, eu acho). Ninguém sabe se ele está vivo ou morto, os fãs o classificam apena como desaparecido. Uma coisa é certa: este sim poderia ser um vilão aos pés de Albert. Mas a CAPCOM já afirmou que Albert Wesker em morto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

x Leia o post antes de comentar!
x Sem xingamentos.
x Comentários sem conteúdo serão ignorados.
x Se quiser que eu visite seu blog deixe o link do seu blog no final do comentário.