23 de jun de 2012

Uma Noite.

| |



  Quando eu menos esperava, ja conseguia me imaginar com ele. As lembranças daquela noite terrivel de sabado eram relembradas diante do Júri. E eu contando envergonhada o que havia acontecido. Advogados, Promoters... Ouvindo. Eu me sentia um lixo por ter confiado no caro errado e por estar no lugar errado na hora errada. Mas os detetives me faziam me sentir bem, dizendo que não havia sido minha culpa e que eu teria que fazer um tratamento de conseguiria seuir minha vida. Mas eu eu o olhava, isso não tinha sentido para mim. Era como se eu tivesse dito adeus a minha vida. Meu pai falava que depois disso tudo iria ficar bem. Mas não era verdade, eu não etava que sentindo bem, minha vida acabou. Pelo meos parte dela.
"Senhores do Júri, chegaram ao veredicto?"
"Sim Exelencia. Pela acusação de estupro, dlecaramos o reú..."

Priscila Vallejos

Nenhum comentário :

Postar um comentário

x Leia o post antes de comentar!
x Sem xingamentos.
x Comentários sem conteúdo serão ignorados.
x Se quiser que eu visite seu blog deixe o link do seu blog no final do comentário.